DSpace
Portal do Conhecimento
  Português | Inglês

Portal do Conhecimento >
Repositórios Científicos >
ISCEE - Instituto Superior de Ciências Económicas e Empresariais >
ISCEE - Artigos >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10961/4755

Title: IMPACTO DA DIVIDA PUBLICA NA ECONOMIA CABO VERDIANA “ESTUDO DO CASO
Authors: Silva Tavares, Jassira
Keywords: Dívida Pública. Desenvolvimento Económico e Social
Issue date: 26-May-2015
Abstract: O trabalho ora apresentado reflecte uma análise sobre a divida do GC de Cabo Verde, na perspectiva da sua sustentabilidade e o impacto dos projectos financiados no âmbito deste endividamento, no crescimento económico e do bem-estar da população. Foi desenvolvido com base nas práticas e método de análise de sustentabilidade utlizado pelo FMI e Banco Mundial para os países membros, da análise da participação dos investimentos e consume público no crescimento económico bem como pelo método de análise de impacto de projecto, comparando a situação antes e depois do projecto. A analise da divida foi feita num período 13 anos, a contar a partir de 2002, repartidos em dois períodos distintos: o período antes e depois da crise financeira.O objectivo foi de analisar as deferentes motivações que estiveram na base da dinâmica da divida. No primeiro período da analise conclui-se que os indicadores que influenciam directamente ou indirectamente a evolução da divida, entre os quais se destacam o crescimento económico, o défice orçamental, tinham boa performance, contribuindo para uma performance da divida no período.Contudo, no período após a crise, a dívida aumentou consideravelmente atingindo proporções preocupantes, considerando os riscos inerentes, tais como, perda espaço orçamental para politicas anti cíclicas, perda de credibilidade no mercado financeiro, com consequência no custo de financiamento, etc. A causa do aumento da divida identificadaé o incremento de despesa pública, impulsionado pelo aumento de investimento publico, em detrimento da diminuição da demanda do sector privado, que teve repercussão no crescimento económico. A conclusão da nossa análiseé que a divida, apesar do seu aumento, ela é ainda sustentável. Contudo, o GOVCV deve enveredar esforço para diminuir despesas públicas e rentabilizar os activos derivados dos investimentos realizados, para manter o equilíbrio entre as despesas e receitas e proporcionar a sustentabilidade da divida nos próximos anos. Conclui-se também, que os investimentos realizados no período em referência, contribuíram fortemente para melhorar o clima de negócio no país, para assegurar o crescimento económico durante o período da crise e para melhorar o nível de bem-estar dos cabo-verdianos.
URI: http://hdl.handle.net/10961/4755
Appears in Collections:ISCEE - Artigos

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Jassira da Silva.pdf724,22 kBAdobe PDFView/Open
Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

NOSI Universidade do Minho  

Portal do Conhecimento  - Feedback - portaldoconhecimento@mesci.gov.cv - Tel. +238 - 2610232

Facebook