DSpace
Portal do Conhecimento
  Português | Inglês

Portal do Conhecimento >
BDCV - Biblioteca Digital de Cabo Verde >
BDCV - Documentos sobre Cabo Verde >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10961/4996

Title: Formação de professores para contextos de aprendizagem multiculturais e diversos : um olhar sobre Cabo Verde
Authors: Trigueiros, Maria Santos Lopes
Keywords: Multiculturalismo
Formação de professores
Diversidade cultural
Educação intercultura
Cabo Verde
Multiculturalism
Diversity
Intercultural education
Teachers’ training
Intercultural teacher
Issue date: 20-Jul-2017
Abstract: Este projeto parte do pressuposto de que, sendo as sociedades atuais o resultado das grandes transformações socioeconómicas, socioculturais, políticas e tecnológicas ocorridas nas últimas décadas à escala mundial, fruto do fenómeno da globalização e do desenvolvimento acelerado das tecnologias, os contextos de aprendizagem têm sido igualmente alvo de alterações profundas tanto a nível das conceções epistemológicas e paradigmáticas do ensino aprendizagem, quanto das exigências e necessidades dos aprendentes que se encontram inseridos nesses novos espaços sociológicos ou geográficos. Assim sendo, é nossa convicção de que nenhuma agenda de desenvolvimento social e humano do século XXI consegue alcançar o desejado nível de exequibilidade e de sucesso se não trouxer subjacentes as componentes do multiculturalismo e da diversidade, caraterísticas incontornáveis da sociedade contemporânea. Pela dimensão e pelo grau de complexidade que o fenómeno do multiculturalismo adquiriu nas últimas décadas, transformou-se numa problemática em que quanto mais se sabe, muito mais há por aprender e descobrir. Por esta razão, um espaço que não pode nem deve ficar alheio a essa problemática é o contexto educativo, pois é na escola que se dá o verdadeiro cruzamento de culturas e onde se colocam os maiores questionamentos relacionados com a diversidade cultural. Tal facto implica, necessariamente, aprender a encarar o processo educativo com novos olhares e procurar formas efetivas, eficientes e eficazes de lidar com a pluralidade e a diversidade em contextos de aprendizagem, de forma a proporcionar um ambiente de compreensão, paz, segurança e respeito mútuo no seio de toda a comunidade educativa. Assim, este projeto visa essencialmente lançar um olhar investigativo sobre a problemática da educação para a diversidade, incidindo sobre o papel do professor intercultural, suas competências e perfil enquanto agente fundamental do processo de transformação social do indivíduo e a dimensão do seu compromisso profissional para com as comunidades de aprendizagem onde exerce as suas atividades. Reconhecendo no professor intercultural a peça-chave do processo da educação para a diversidade, pretendemos debruçarmo-nos, de forma incisiva, sobre a problemática da formação de professores para contextos multiculturais e diversos devido a complexidade dos contextos em que trabalham. A nosso ver, são esses mesmos contextos que determinam que o professor intercultural seja dotado de competências específicas, de formação especializada, contínua e permanente que lhe permitam atender às demandas de um público heterogéneo e diverso onde a complexidade e a perplexidade são presenças dominantes do seu quotidiano. Só dispondo dos conhecimentos necessários, ferramentas adequadas e instrumentos de trabalho apropriados estará o professor intercultural em condições de mediar a interação entre as diversas culturas e grupos sociais em presença e ter um ambiente propício a um ensino aprendizagem de sucesso. Sendo o multiculturalismo uma das consequências mais visíveis da globalização, a problemática das migrações torna-se referência obrigatória neste trabalho, pelo que Cabo Verde aparece aqui apontado como exemplo de um dos países do mundo historicamente mais marcados pelo fenómeno das migrações e, consequentemente, pela diversidade e pelo multiculturalismo, situação que será também um pouco analisada na ótica da educação para a diversidade.
This project relies on the assumption that, being the contemporaneous societies the result of profound socioeconomical, sociocultural, political and technological transformations that have occurred around the world in the recent past decades, as a result of both the phenomenon of globalization and the accelerated development of the technologies, the learning environments have equally suffered great alterations not only at the level of epistemological and paradigmatic conceptions of teaching-learning, but also at the level of demands and needs of the learners who are inserted in these new sociological or geographical environments. Thus, it is our belief that no agenda for social and human development for the 21st century will be successfully accomplished if it does not incorporate in its design the components of multiculturalism and diversity which have become unavoidable characteristics of the contemporaneous societies. For the dimension and degree of complexity that the phenomenon of multiculturalism has acquired in the last few decades, it has become an issue about which the more we know, the more we need to learn and discover. Consequently, a place that cannot and should not ignore this reality is the learning environment since it is at school that the real crossing of cultures actually takes place and where we face the biggest questionings regarding intercultural diversity. This implies, necessarily, having to learn new ways of looking at the teaching-learning process and finding effective, efficient and functional ways of dealing with the existing plurality and diversity in learning contexts so as to promote an ambience of understanding, peace, security and mutual respect in the school environment so that learning can actually take place. Being so, this project aims essentially at taking a deep look at the issue of education for diversity, emphasizing the role of the intercultural teacher, his/her competences and profile as essential factors in the process of social transformation of the individual and the dimension of his/her professional commitment towards the learning communities where he/she performs his/her teaching activities. Recognizing the crucial role of the intercultural teacher in this process, we intend to center our research at the issue of teachers’ training for multicultural and diverse learning contexts due to the complexity of the environments where they work. In our view, it is these same contexts that require the intercultural teacher to be equipped with specific, continuous and permanent training in order to be able to respond effectively to the demands of a heterogeneous and diverse public where complexity and perplexity are dominant features in his/her daily work. Only by being equipped with the necessary knowledge and proper tools, will the intercultural teacher be able to mediate interaction among the several cultural and social groups living together in the same space, being it geographical or sociological, and have a favourable ambience for a successful learning. On the other hand, being the phenomenon of multiculturalism one of the most noticeable consequences of globalization, the issue of migration becomes an obligatory reference in this work, the reason why Cape Verde is being pointed here as one of the countries of the world, historically speaking, most affected by this phenomenon and, consequently, by multiculturalism and diversity. This aspect will also be somewhat analyzed here within the perspective of education for diversity.
Description: Documento original disponível em: https://repositorioaberto.uab.pt/handle/10400.2/6643
URI: http://hdl.handle.net/10961/4996
Appears in Collections:BDCV - Documentos sobre Cabo Verde

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

NOSI Universidade do Minho  

Portal do Conhecimento  - Feedback - portaldoconhecimento@mesci.gov.cv - Tel. +238 - 2610232

Facebook