DSpace
Portal do Conhecimento
  Português | Inglês

Portal do Conhecimento >
Repositórios Científicos >
UM - Universidade do Mindelo >
UM - Produção Científica >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10961/5185

Title: SAÚDE NO CONTEXTO PRISIONAL: CONTRIBUIÇÃO DA ENFERMAGEM NA INTEGRAÇÃO DOS RECLUSOS NA CADEIA CENTRAL DE SÃO VICENTE
Authors: Ramos, Paulo
Keywords: saúde, prisão, reclusos.
Issue date: 11-Nov-2017
Publisher: Universidade do Mindelo
Abstract: Com este trabalho pretendeu-se debruçar sobre o contributo da Enfermagem na integração dos reclusos na cadeia de São Vicente, sabendo existir alguma carência de assistência aos reclusos e algumas limitações. Trata-se de um estudo exploratório descritivo de natureza qualitativa. Participaram neste estudo oito reclusos da cadeia de São Vicente e seis enfermeiros do Hospital Dr. Baptista de Sousa e da Delegacia de Saúde. Utilizou-se como método de recolha de informações a entrevista semiestruturada aplicadas aos reclusos e os enfermeiros. De entre os vários resultados, destacam-se duas. Por um lado, a assistência de enfermagem aos reclusos é condicionada por vários fatores e limitações que interferem nos cuidados de saúde e no incentivo à adesão ao tratamento. De entre eles, mencionamos, por exemplo, a presença do agente prisional, a baixa escolaridade dos reclusos, a falta de uma infraestrutura dentro do estabelecimento prisional, implicando a saída dos reclusos, por exemplo para ir ao Banco de Urgência de Adultos (BUA). Por outro lado, os dois grupos entrevistados consideram que a empatia entre o recluso – enfermeiro permite criar uma relação favorável na prestação de cuidados que é fundamental em todos os níveis de promoção de saúde. Das propostas que emergiram destacamos as seguintes: 1) estabelecimento Prisional de São Vicente para proporcionar cuidados de saúde aos reclusos de modo a preservar a integridade, a privacidade e melhorar a sua integração no ambiente prisional; 2) recomenda-se a adoção de fichas para o registo e acompanhamento dos reclusos, durante a sua permanência nas EP; 3) futuros trabalhos académicos poderão debruçar sobre: como limitar (ou mesmo impedir) a presença do agente prisional durante a prestação de cuidados aos reclusos; e, por último, sobre como promover a reintegração social de reclusos.
URI: http://hdl.handle.net/10961/5185
Appears in Collections:UM - Produção Científica

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TCC PAULO RAMOS - VFINAL 2(1).pdfSAÚDE NO CONTEXTO PRISIONAL: CONTRIBUIÇÃO DA ENFERMAGEM NA INTEGRAÇÃO DOS RECLUSOS NA CADEIA CENTRAL DE SÃO VICENTE1,92 MBAdobe PDFView/Open
Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

NOSI Universidade do Minho  

Portal do Conhecimento  - Feedback - portaldoconhecimento@mesci.gov.cv - Tel. +238 - 2610232

Facebook